Conheça aqui no blog de Conservatória: a Serenata, a Poesia, os versos que fascinam a todos com a magia de Menestréis, Violeiros, Cantores e Seresteiros! Clique nos links abaixo e veja os eventos, as festividades, a hotelaria, a gastronomia, o comércio da "Terra da Seresta"! Aprecie as imagens de turistas com seus depoimentos, o clima da região, as atrações turísticas, e tudo mais que Conservatória lhe oferece! Acesse: https://conservatoria-passeio.blogspot.com

Serenata-de-Conservatória

Serenata-de-Conservatória
http://www.serenata-de-conservatoria.blogspot.com

Postagens Mais Antigas!

Postagens Mais Antigas!

Como Eu Vivo!

Vivendo em Conservatória!

Amigos(as)!
Este post é em atenção às pessoas que chegam à Conservatória, quando sempre me indagam sobre o que eu faço aqui no lugarejo. Pra começar, muitas se espantam ao saber que a cidadezinha "adormece" de 2ª à 6ª feira, só "despertando" em fins de semana. Quando é 6ª. feira ou algum feriado, o primeiro movimento que se observa no centro da vila é a aparição dos cães. Eles vem de toda parte, sabendo que a comida será farta até que o lugar "adormeça" novamente. Em seguida, observa-se o abrir dos casarios, seus janelões e portas. São os comerciantes, muitos deles vindos de outras cidades, que se põe a varrer suas calçadas e a arrumar suas mercadorias. Nesse mesmo tempo vão chegando os funcionários das lojas e os garçons dos restaurantes. Vão chegando alguns carros com habitantes de fim de semana, aqueles que tem moradia em Conservatória apenas para lazer. Já nessa parte da manhã se veem turistas e visitantes, a subir e a descer as duas principais ruas do centro, que se percorrem à pé, em meia hora no máximo. 

Eu, na "Pousada Martinez", acompanhando a cantora 
Messody Benoliel, com Ronaldinho do Cavaquinho (à esquerda)
(2008)
Eduardo Marques e Messody Benoliel Pousada Martinez.jpg




Eu e Luciana, minha esposa, viemos do Rio de Janeiro, onde eu sempre trabalhei com Música, desde a minha adolescência, fosse realizando shows, produzindo eventos de outros artistas, lecionando, enfim. Com o ensino de Harmonia e de Percepção Musical eu trabalhei por dois anos no Centro de Artes Calouste Gulbenkian da Prefeitura do Rio de Janeiro, além de aulas particulares por quase quarenta anos. Apresentações em shows e produção de eventos foram inúmeros, desde 1972, quando iniciei carreira profissional, com a minha primeira música gravada em disco ("Meu Chorinho", com Isaurinha Garcia, pela Discos Continental). No ano seguinte eu já contava com gravações de músicas minhas nas vozes de Elza Soares, Roberto Ribeiro, Simone, Clementina de Jesus, João de Aquino, Hermínio Bello de Carvalho, que abririam um leque de outras gravações de minha obra, chegando aos dias atuais. Luciana sempre desempenhou função de comerciante, trabalhando com acessórios femininos, produzindo feiras e exposições, também no ramo de antiquário, sendo especializada na revenda de objetos raros de decoração, de imóveis e de carros antigos, os famosos calhambeques, além de trabalhar com seus irmãos, no conceituado "Mercado Moderno", loja de móveis de design, na Rua do Lavradio, no tradicional bairro boêmio da Lapa, no Rio. 


"Rua do Meio" - com Túlio,  Silvia (da SRTUR), 
a cantora e poetisa Messody Beloniel, os amigos J
oel e Helena, Gérson e Gisele. (2008)
Eduardo Marques com grupo de amigos.jpg
Após eu e Luciana termos perdido completamente um bar recém inaugurado, situado também na Lapa,  em um incêndio causado acidentalmente por um vizinho, nossa vida degringolou. Era o ano de 2002, em meados de dezembro, ante-véspera das festas de fim de ano. Foi quando uma antiga amiga, Messody Benoliel, poetisa, compositora e cantora, além de outras elogiáveis qualidades, com quem eu trabalhara por longo tempo, acompanhando-a em shows, soube do sinistro e me telefonou. Para que espairecêssemos  a mente, convidou-nos, a mim e Luciana, a conhecer a Serenata de Conservatória, a "Cidade da Seresta". Em junho de 2008 eu vim só, com Messody. Luciana não quis viajar. Não preciso dizer de meu encantamento por esse lugar, ao chegar aqui. Impossível quem também não se encante! Nessa primeira vinda eu conheci um casal do Rio de Janeiro, que também veio na mesma van em que eu e Messody. É o Túlio e Silvia, que se tornaram nossos amigos. Eles me garantiram, por pura solidariedade, toda uma estrutura inicial, por quase seis meses, praticamente em todos os finais de semana, para que eu não deixasse de vir com meu violão à "Cidade da Seresta". 

Início


Chorinho na Galeria Vila Antiga, em Conservatória
Fred Moreira (Flauta) e João (Pandeiro),  
Sentados, da esquerda para direita: Nelsinho (violão), Claudio (pandeiro), 
Eduardo Marques (violão)

Eduardo-Marquues-Chorinho-Galeria.jpg
No dia 5 de janeiro de 2009, mudei de "mala e cuia", fixando residência. Luciana relutou por quase um ano. Ela só vinha às sextas-feiras. Domingo à tarde voltava para o Rio. Montei uma loja para que ela trabalhasse em Conservatória. Era a "Loja do Canto", de objetos de arte e de decoração, na "Galeria Vila Antiga", no coração da vilazinha. A loja durou quase que por três anos, quando o movimento passou a ser muito fraco, obrigando-nos ao fechamento. Desde então Luciana voltou a trabalhar com o comércio independente. 


"Batendo-papo" com "Braz do Acordeon",
 e "Lalo 7 Cordas", na "Rua do Meio" (2008)

Eduardo Marques conversando com Bras do Acordeaõ e com Lalo 7 Cordas, na Rua do Meio, em Conservatória - RJ
Nesse meio tempo eu toquei em vários estabelecimentos de Conservatória, dentre os quais, os restaurantes  "Taberna", "Dó-Ré-Mi", "Casa Nostra", "Tom Maior", "Sabor da Terra", "Gema da Roça", "Parada Obrigatória", "Café Com Graça", nos extintos "Harmonia" e "Aconchego", dentre outros, em apresentações contratadas ou eventuais, o que até hoje ainda ocorre. Toquei em várias pousadas e trabalhei com meu violão, por quase dois anos, de 2009 a meados de 2012, nos cafés das manhãs da "Pousada Sol Maior". Desde junho de 2012 eu me apresento nos cafés das manhãs na "Pousada Balé dos Vagalumes". Ainda em 2009 eu escrevi e publiquei em folder a "Breve História, Em Versos, da Cidade de Conservatória". São quase duzentos versos, que narram desde a fundação até os dias atuais. Nesse mesmo período gravei cinco CDs, com músicas de minha autoria ou de terceiros, sendo "Conservatória - Serestas e Serenatas", "Noel Rosa - O Poeta da Vila", "Violão Solos" (instrumental), "A Festa dos Bichos" (músicas infantis) e "Vozes" (compilação com músicas de minha autoria, com as gravações originais nas vozes de vários artistas, dentre eles aqueles já citados mais acima.. Escrevi e publiquei o livreto infantil "A Dona Maria Fumaça", com figuras e desenhos para colorir, com o texto da história da velha locomotiva, que percorria o Vale do Paraíba, a transportar passageiros, mercadorias e produtos das fazendas coloniais de plantação de café. Você pode saber de mais detalhes desse livreto na seção "Lojinha do Edu", no mesmo setor em que você está lendo este post. 


A "Serenoite" na "Rua do Meio" (2008): 
Da esquerda para a direita:
De costas, Nélson Charret (violão), 
Eduardo Marques (violão), Lalo e Rica (7cordas)

Eduardo Marques tocando no Serenoite.jpg

Participei, e sempre que sou convidado eu participo, de eventos oficiais do local, como "Noite da Valsa", "Café, Cachaça e Chorinho", "Auto de Natal", e outros, além de ter atuado em eventos semanais, como o "Serenoite", "Solarata", "Seresta da Casa de Cultura, "Serenata", etc." Lecionei violão para adolescentes da comunidade, pelo "Projeto Musical José Borges" da Professora Olympia. Desde julho de 2013 eu leciono Harmonia Funcional e Percepção Musical, pelo "Projeto Integrando" da Professora Wilma Poubel, também para jovens e adultos da comunidade. 

Eduardo Marques, na Galeria Vila Antiga, 
com moadoras de Conservatória,
Dona Ivone e Christina Antunes (2009)
Eduardo-Marques-amigos-na-Galeria.jpg

Criei o movimento musical intitulado "Matinata de Conservatória", cuja proposta era de uma Serenata matinal aos sábados, a percorrer o centro comercial em cantoria, acompanhado por turistas e visitantes. Após quase dois anos de existência a "Matinata" agora é realizada, com novas propostas, no calçadão à porta da "Pousada Balé dos Vagalumes". Dentre essas propostas está a de turistas e visitantes tirarem fotografias comigo, para que sejam postadas neste blog. É nesse local, de frente à Locomotiva 206, que eu faço o meu "ponto". É onde revejo amigos e travo novas amizades. Ali eu vendo os produtos de minha Arte e divulgo meu trabalho. Com meu violão eu entretenho turistas e visitantes, que param e cantam acompanhados por mim ao violão, conversam comigo, tiram fotos, filmam, e compartilham suas histórias. Ao retornarem aos seus locais de origem, divulgam Conservatória para seus familiares, seus amigos, seus clientes, através das fotos e imagens que me enviam, para serem  postadas neste blog! Eventualmente, alguns gravam CDs que eu produzo, geralmente acompanhando-os ao meu violão. Outros me contratam para tocar, seja em Conservatória,  na pousada onde se hospedem, seja em suas residências, ou em seus locais de trabalho, nas cidades onde residem.





Eduardo Marques, com o violonista Célio Silveira, no extinto Restaurante Harmonia (2008), e ma Pousada Sol Maior, com "Ginga Pura" (Pandeiro), Ronaldinho do Cavaquinho e Odilon

Eduardo-Marques-e-Célio-Silveira.jpg  Eduardo-Marques-Pousada-Sol-Maior.jpg


Serviços Que Eu Presto Em Conservatória!

Você pode contratar quaisquer dos serviços que eu presto! 

Tenho total disponibilidade para viajar a trabalho em outras cidades!

Entre em contato pelo formulário "Fale Comigo" (página inicial do blog) para obter qualquer informação que desejar!
Se preferir, ligue para (24) 98881-6117 ou  (21) 99933-9936, ou escreva para  edumarques.rio@gmail.com

Também é fácil de me encontrar em Conservatória!



Veja abaixo em que posso servi-lo(a)!


Guiamento Turístico:


- Guia de Turismo em Conservatória. 
  Consulte pelos roteiros e preços.
_________________________

Eduardo Marques, na "Matinata" de Conservatória
 Eduardo-Marques-Matinata.jpg

Serviços de Música:

- Seresta / Sarau particular em Pousadas e Hotéis. Eu canto, toco, acompanho   ao violão aqueles do público que quiserem cantar, conto histórias do lugar, 
  causos, em evento descontraído e alegre. Participação do público presente.
- Animação de Eventos Com Música Ao Vivo (Voz e Violão)
- Acompanhamento Musical Para Artistas Profissionais ou Amadores (Violão)
- Fundo Musical Em Cafés da Manhã,Almoços, Jantares, etc. (Solos de Violão)
- Gravações Musicais (CDs, Compilações,Trilhas, etc.)
- Gravações Ao Vivo em Vídeo
- Transposição de Long-Plays e de Cassetes Para CDs, DVDs e Pen-Drivers
- Edições e Cópias de Músicas
- Sonorização Para Ambientes Fechados
- Composições Musicais (Letras e músicas) Para Teatro e Cinema
- Harmonização de Músicas, em Pauta Musical Cifrada
- Venda de CDs (Vide a seção "Lojinha do Edu", neste blog.
- Organização, Produção, Divulgação e Direção de Eventos Culturais e 
  Artísticos


Conheçam o CD Infantil da Festa dos Bichos!







Computação e Informática:

- Limpeza e Manutenção de PCs
- Instalação, Atualização, Substituição ou Desinstalação de Programas
- Beckups (cópias) em CDs, DVDs ou Pen-Drivers
- Edição de Textos e de Imagens
- Aulas de Informática
- Inscrição e Desenvoltura em Redes Sociais
- Confecção e Manutenção de Sites e de Blogs
- Divulgação Pela Internet (Mailing-List e Redes Sociais)

_________________________________
Na Galeria da Vila Antiga, à porta de nossa extinta "Loja do Canto", 
com Luciana, a cantora Lucy Guimarães,
 e o querido e saudoso amigo Seresteiro "Almeidinha" (de costas)

Eduardo-Marques-Galeria-Vila-Antiga.jpg


Início

  Aulas Particulares Presenciais, ou Pela Internet:


- Violão Popular (Ritmos e Repertório - aulas práticas e teóricas)
- Violão Popular (Cifragem, Harmonia e Percepção Musical - teoria e prática) - 
  Brevemente também em Vídeo/Aulas pela Internet e em Videocassete
- Violão Erudito  (Aula prática - Escalas, Arpejos)
- Teoria Musical e Solfejo
- Leitura e Escrita Musical
- Cavaquinho de Centro e Banjo de Centro (Cifragem, Ritmos e Repertório)
- Todos os cursos incluem aula de Afinação e de Técnica de Execução
- Harmonia e Percepção Musical Para Tecladistas já iniciados ao instrumento